Últimas

Simplesmente Amar-te!

loading...

Sentimentos não descritos

 

Perante a essência,

 

Palavras em forma de versos

 

De momentânea ausência.

 

Procuro-te em mim

 

Enquanto existir vida,

 

Esperando apenas um sim

 

Pela saudade da tua ida.

 

 

 

Enrolando o dedo

 

No teu cabelo,

 

E, de voz magoada, vou gritar

 

Entrelinhas,

 

Escrevo para dizer,

 

Quando me lembra esse sabor

 

Que tinha o toque suave da tua pele,

 

Os teus beijos, os teus abraços,

 

 

 

Observo na efémera escuridão

 

O Luar reflectir-te,

 

Hoje sei tudo o que quero

 

Do teu mundo,

 

Olhar nos teus olhos

 

O seu brilho contemplar

 

Sabendo assim quem sou, o que faço aqui,

 

Num esdrúxulo sonho

 

de uma lágrima minha.

Poema de  Nuno Vicente

Click to comment

Mais Lidos

loading...
To Top