Música

Propostas musicais para Novembro

loading...

É difícil escrever sobre música, a música não é para ser lida mas sim ouvida e sentida, tudo o que aqui for escrito refletirá apenas o gosto musical do ouvido alternativo, e só será completo com a escuta atenta das músicas. Esta crónica só fará sentido se o leitor tiver um papel activo, papel esse que passará simplesmente… por ouvir música.

Garden State, filme de 2004, realizado e interpretado por Zach Braff, serve de mote a este artigo, excerto do filme:

Zach Braff: “O que estás a ouvir?”

Natalie Portman: “The Shins. Conheces?

ZB: “Não”

NP:”Tens de ouvir esta canção. Juro que vai mudar a tua vida.”

A personagem interpretada por Natalie Portman, refere-se à música “New Slang”, dos The Shins, assim decidimos elaborar um alfabeto, músicas  (bandas) de A a Z, que eventualmente podem não conhecer e que têm capacidade para mudar a sua vida.

 

Angus and Julia Stone – “Big Jet Plane”, ao contrário do que muitos pensam esta música foi escrita e editada por Angus Stone sob o pseudónimo Lady of The Sunshine, mais tarde foi reeditada pelo duo de irmãos australianos, catapultando os mesmo para o sucesso internacional.

 

Ben Howard – “Keep your head up”, foi o segundo single do seu álbum de estreia, Every Kingdom, e transformou-o num dos “cantautores” folk mais promissores da actualidade.

 

Clock Opera  – “Once and for all”, primeiro avanço do álbum de estreia, Ways To Forget, recomenda-se por todas as razões e mais algumas ouvir esta música acompanhada do vídeo clip oficial, é impossível não ficar siderado.

 

Damien Rice – “Delicate”, três álbuns em onze anos, parece pouco mas de cada vez que grava, origina obras-primas, tornou-se famoso com a banda sonora de “Closer”.

https://www.youtube.com/watch?v=DebqF9_AXuE

 

Elysian Fields – “Black acres”, duo americano desconhecido da maioria, já passaram diversas vezes pelo nosso país, esta música tem tanto de intensa como apaixonante.

 

Fiona Apple – Artista dispensa apresentações e esta música sobre separação começa assim: “Once my lover, now my friend. What a cruel thing to pretend…”

 

Continuamos este alfabeto musical numa próxima edição, até lá ouçam boa música!

Click to comment

Mais Lidos

loading...
To Top