Humor

Discos Pedidos – Panamá Songs

loading...

Olá a todos. A última vez que vos escrevi era um ano mais novo, hoje escrevo-vos dentro da sabedoria da minha nova idade: os vinte e tal. Eu estou um bocado aborrecido com isto dos aniversários, todos os anos é a mesma coisa, todos os anos se realizam na mesma data, pelo mesmo motivo. Até os fins do mundo são mais originais, na medida em que nos apresentam sempre uma data diferente todos os anos e um novo motivo para acontecer. Sinceramente, acho que a pasta dos aniversários podia muito bem ser entregue aos profetas do Apocalipse, o que, na minha opinião, poderia tornar os nossos aniversários um pouco mais interessantes. Interessantes são também os números que ligam aos Discos Pedidos, que não dão prémios em cartão, mas dão muita música e diversão.

Este artigo podia muito bem estar a ser escrito em directo do Panamá mas não tenho dinheiro para me enviar para lá nem para o enviar para lá. Já lá vai o tempo em que era o dinheiro que mandava os ricos para as ilhas paradisíacas, agora sucede exactamente o contrário. Eu não condeno, até porque até porque eu próprio escondia as minhas grandes fortunas e desviava dinheiro quando jogava ao Monopólio e ficava responsável pela banca. A primeira música de hoje dos Discos Pedidos foi pedida por uma nota de 500 euros que passa as suas férias nas Caraíbas. A música foi “Summer Paradise” e é dedicada ao seu proprietário que passa o tempo na pobreza do seu escritório.

O Papa Francisco continua a abrir as portas da Igreja Católica a grupos cuja entrada estava vedada. Neste momento, a Igreja é como um bar aberto e o Papa é o barman, o barman mais fixe do mundo. Até quem não bebe desse álcool, os ateus, estão com curiosidade em visitar o Pub do Vaticano. E foi mesmo um anónimo que ligou para nós a pedir a música “God is a DJ”, para dedicar ao Papa e, quem sabe, também a sugerir um DJ residente para este famoso bar.

O Futebol Clube do Porto era uma equipa rica em golos e mandou toda essa riqueza para uma offshore no Panamá. Como as balizas portuguesas não têm perfil para paraíso fiscal, os golos devem estar a ser depositados algures numa baliza do Panamá, onde os resultados não contam para a nossa Liga. Por esta hora, Pinto da Costa deve estar à procura de uma ilha para onde possa mandar o José Peseiro e mais de metade do plantel. No meio de tantas chamadas telefónicas para companhias aéreas e agentes de treinadores, o presidente portista gastou um bocado de bateria e de saldo para ligar para os Discos Pedidos e dedicar uma música ao seu treinador: “Não és Homem para Mim”

José Mourinho foi convidado para treinar a selecção da Síria. Eu acho que esta é a equipa indicada para ele, uma vez que ele é o homem das polémicas bombásticas. É normal que ele agora receba notícias de equipas que, tal como o seu ego, estão lá em baixo. E reforço a ideia de que a Síria é o país ideal para ele. Há algo que os sírios partilham em comum com Mourinho e falo da falta de capacidade para fazer amigos. No entanto, numa última tentativa de convencer o nosso treinador, a federação da Síria ligou para os Discos Pedidos do Ideias e Opiniões e pediu a música “Let Me Love You” para dedicar a ele mesmo, José Mourinho.

Esta edição dos Discos Pedidos foi patrocinada por Companhias Aéreas do Panamá, a acompanhar o seu dinheiro para onde quer que vá.

Click to comment

Mais Lidos

loading...
To Top