Humor

Discos Pedidos de Ano Novo – Adios Adieu Auf Wiedersehen Goodbye

loading...

Olá! Sejam muito bem-vindos ao décimo primeiro dia do ano ou, como os navegadores do Mar Fofo que é o Facebook preferem, a décima primeira página de 366. Ao fim de 11 dias da passagem de ano, acredito que muitos de vocês já andem a comer algo que não sejam as sobras da comida da época festiva. Em muitos casos, há comida suficiente para aguentar até ás celebrações do Ano Novo Chinês. E vamos então, enquanto saboreamos a nossa sandes de Bolacha Maria, abrir as linhas dos Discos Pedidos!

O Ideias e Opiniões lançou pelo Natal o e-book com cartas onde vários escritores escrevem a eles próprios quando tinham 6 anos. Eu não li, até porque fiquei um pouco traumatizado com textos e livros com referências biográficas quando li o “Eu, Carolina”, livro no qual ficámos a descobrir que Pinto da Costa tem mais problemas de emissão de gases que um Volkswagen.

O último gás foi tão potente que ficou o cheiro no ar durante um ano e meio no Estádio do Dragão. Os portistas afeiçoaram-se mesmo a ele e chamaram-lhe de Julen Lopetegui. Agora, alguém, a exemplo do que fazia Carolina Salgado, acendeu um isqueiro e livrou o Lopetegui do Dragão. Boa noticia para os portistas. Má noticia para os sportinguistas e benfiquistas que vêem partir um técnico que lhes deu muitas alegrias. Da sua parte, ficou pedido nos nossos registos a música “Broken Hart” para dedicar ao treinador espanhol.

Se tivesse escrito uma carta a ele próprio com 6 anos, Paulo Portas teria aconselhado, com toda a certeza, o pequeno Paulinho a fazer amizade com os vizinhos mais ricos para ter direito a bons lanches em sua casa, a exemplo do que fez com Pedro Passos Coelho para comer do tacho maior. Agora, fora do Governo, Paulo Portas demitiu-se da presidência do CDS-PP e nós aqui compreendemos. Não é fácil deixar de comer de um tacho grande de feijoada para passar a comer numa pequena frigideira de ovos estrelados. A equipa do CDS-PP ligou para nós e pediu a música “Song To Say Goodbye” dos Placebo para dedicar ao agora ex-lider.

E na onda de despedidas que assolou as linhas dos Discos Pedidos, também as resoluções de Ano Novo não foram esquecidas. Sim, as promessas do último cigarro e da última caloria excessiva foram-se mais depressa que a comida da mesa de Ano Novo. Eu sou da opinião de que as resoluções de Ano Novo deviam ser feitas na Assembleia da República, uma vez que se trata do altar das promessas não cumpridas. Os políticos, esses, deviam ser proibidos de fazer resoluções de Ano Novo, uma vez que esgotam a sua quota parte de promessas por cumprir durante os restantes dias do ano.

Mas não podemos ser injustos, pois nem toda a gente deixa promessas de ano novo por cumprir, até porque nem toda a gente as faz. O pedido seguinte foi feito por milhares de pessoas que ligaram arrependidas e que dizem que para a próxima é a sério. Dos seus telefones chegou-nos “I Promisse”:

O mandato de Cavaco Silva como Presidente da República está quase a chegar ao fim e este está prestes a descobrir, na primeira pessoa, como é o sofrimento de muitos portugueses que vivem com reformas e pensões miseráveis. Numa das últimas chamadas do telefone do Palácio de Belém, Cavaco Silva ligou para os Discos Pedidos para pedir uma ajudinha aos portugueses e aos cidadãos do mundo. Como? Através da música “I Need a Dolar” ou um Euro, como ele nos disse.

Esta edição dos Discos Pedidos teve o patrocínio de Dicionário da Língua Portuguesa. Çabias k eziste?

Click to comment

Mais Lidos

loading...
To Top