Poesia

Sensações!

loading...

Escritos perdidos na memória

De quem para ti escreve,

Lendo utopias na luz

Do teu olhar,

Que me deixa embriagado,

Perguntando-me, que queres de mim

Quando fechas por dentro o tempo,

Paradoxos, versos mil

De narrativas sofistas,

Hoje preciso de um sim,

Fazes muito mais que o Sol,

Sensações em mim despertam

Ouvindo a tua voz no silêncio.

Click to comment

Mais Lidos

loading...
To Top