História

“O Que Eu Digo Não Se Escreve…” – Toda a verdade sobre os filhos de CR7

loading...

Recentemente, esbarrei num estudo sobre cerveja. Confesso que é um facto, uma enorme realidade na minha vida, esbarrar constantemente em estudos – como se fosse fiel possuidor de um portentoso íman de estudos. Existem estudos que me agarram de uma forma inexplicável, como se de uma droga se tratassem. E outros que nem por isso. O estudo sobre a cerveja é um daqueles que se tornam rapidamente numa espécie de droga, porque, segundo cientistas italianos, o consumo de cerveja pode aumentar a fertilidade nos homens. Fiquei intrigado com tal facto, e rapidamente cheguei à seguinte (e absurda!) ideia: o Cristiano Ronaldo deve saber algo sobre isto. E por mais incrível que possa parecer, a verdade é que ele sabe mesmo… Ora vejamos.

 

Eu: Olá, Cris.

CR7: Olá. Vai um joguinho de Pro Evolution Soccer? Eu jogo com o Barcelona e tu com quem quiseres…

Eu: Mas não deverias jogar com a Juventus? Visto que acabaste de assinar contrato e tal…

CR7: A Juve tem o Messi?

Eu: Não, mas tem um tal de Cristiano Ronaldo…

CR7: Eu quero jogar com o Messi…

Eu: Mas tu és o Cristiano Ronaldo…

CR7: EU QUERO O MESSI…

Eu: Mas o Cristiano Ronaldo é melhor…

CR7: Eu quero o Messi. Quero o Messi! Messi! Messi!

Eu: Cristiano, estás bêbado?

CR7: Eu não bebo bebidas alcoólicas.

Eu: Ok. Está tanto calor… Vai uma jola fresquinha?

CR7: Sim, pode ser!

Eu: Ah! Apanhei-te!

CR7: Ah, bolas…

Eu: Então é esse o segredo… Tu gostas de bebidas alcoólicas! Eu sabia que tinha razão!

CR7: Sim, confesso… Gosto. Mas também gosto muito do Messi no Pro Evolution Soccer.

Eu: Então é esse o segredo por detrás dos nascimentos dos teus filhos…

CR7: O quê? O Messi? Mas eles nem são parecidos com ele!

Eu: Não. Nada disso. Recentemente, uns cientistas italianos chegaram à conclusão que a ingestão de cerveja pode ajudar à fertilidade nos homens. Confessa, estavas podre de bêbado numa das tuas viagens aos states, e foi assim que nasceu o Cristianinho e os gémeos, não foi?

CR7: Oh, que mal tem em beber uns copos quando se está de férias… E a verdade é que nem me lembro de nada, mas os catraios são mesmo a minha cara. Devem mesmo ser meus…

Eu: Então e a Georgina, o que pensa disso?

CR7: Oh, o que achas… Ela ainda gosta mais de cerveja do que eu… Como achas que ela engravidou… Ela diz que é meu, mas sinceramente  não me lembro de nada…

Eu: Não me digas que ela descobriu o teu segredo e pregou-te uma bebedeira só para ter um filho teu?! Não era a primeira, com toda a certeza…

 

 

CR7: Claro que não… Uma vez, era eu ainda um adolescente, e fui passar um fim-de-semana à Argentina. Olha, eu e os meus amigos fomos até a um barzinho beber um copo à noite, e conheci uma argentina que já nem me lembro do seu nome. Conversa puxa conversa, cerveja puxa cerveja, e quando dei por mim estava a acordar na manhã seguinte num quarto de hotel completamente nu – tal e qual como vim ao mundo – e, ao meu lado, na cama, estava ela, a argentina.

Eu: Ei! Não me vais agora dizer que também és o progenitor de um catraio argentino…

CR7: Já viste aquele puto a jogar à bola?

Eu: Quem? O Messi?

CR7: Sim! É mesmo bom jogador… Quase tão bom como eu, até bolas de ouro tem. Vai na volta…

Eu: O quê?! Estás a insinuar que o Messi é teu filho?

CR7: Quem sabe, meu amigo… Quem sabe…

Eu: Ó Cristiano…

CR7: Q’uié?!

Eu: LARGA O ÁLCOOL!!

CR7: Desculpa? Estávamos a falar do quê? E quem és tu? E de quem são estas cervejas que estão em cima da mesa? São tuas?!

Eu: Não… Essas são mesmo tuas… Pfff…

Click to comment

Mais Lidos

loading...
To Top