Direitos Humanos

A Guerra do Vietname

loading...

Hoje, vim escrever-vos sobre o conflito armado sucedido em dois períodos distintos (o primeiro entre 1946 e 1954 e, o segundo entre 1955 e 1975) no Vietname, tentando perceber porque se sucedeu, os países envolvidos e as suas consequências. Conflito esse, tendo influenciado de certa forma a Politica Mundial, pois, enquadrava-se no contexto histórico da Guerra Fria.

A Guerra do Vietname, enquadrando-se no contexto histórico da Guerra Fria, entre União Soviética e Estados Unidos da América, foi o mais longo conflito militar que ocorreu, depois da II Guerra Mundial, tendo-se estendido em dois períodos distintos.

No primeiro deles, as forças nacionalistas vietnamitas, sob orientação do Viet-minh (a liga vietnamita, criada por Ho Chi Minh, para a Independência do Vietname, ligada ao Partido Comunista), para lutar contra os colonialistas franceses, entre os anos de 1946 a 1954, pois, o Vietname era uma colonia francesa e no final da Guerra da Indochina, sendo a Indochina, uma região assim chamada por ser uma zona intermediária entre a Índia e a China, ocupando uma península do sudoeste asiático e está dividida entre o Vietname, o Laos e o Camboja.

Toda essa região era do domínio colonialista francês, assim ficando, até à ocupação japonesa, entre os anos de 1941 a 1945, mas em 1945, com a derrota do Japão, os franceses tentaram recolonizar toda a Indochina. A liga vietnamita comandada por Ho Chi Minh, possuindo apoio e orientação Comunista da União Soviética, lutou contra o colonialismo francês entre 1946 a 1954, com o fim do primeiro conflito, pois com derrota da França na batalha de Diem Biem Phu, em 1954, quando as forças do Viet-minh, conseguiram a rendição dos franceses. Depois de 8 anos, encerrou-se assim a primeira Guerra da Indochina, em Genebra, na Suíça, houve uma Conferência, tendo ficado conhecida como a Conferência de Genebra, convocada para negociar a paz, onde os franceses acertaram com os vietnamitas um acordo que previa, que, o Vietname fosse momentaneamente dividido em duas partes, a partir do paralelo 17, no Norte, sob o controle de Ho Chi Minh e no Sul sob o domínio do imperador Bao Dai, um títere dos franceses, ficando acordado entra ambas as partes uma Zona Desmilitarizada, em 1956, sob supervisão internacional, seriam realizadas eleições livres para unificar o país, nessa conferência, reconheceu-se igualmente a Independência do Camboja e Laos.

A divisão esteve acertada até as eleições para a unificação do país. Os Estados Unidos presentes no encontro não assinaram o acordo. Em 1955, Ngo Ding-Diem liderou um golpe militar, tornando-se ditador, cancelou as eleições, proclamou a Independência do Sul, conseguiu o apoio dos Estados Unidos da América, pois, estavam convencidos de que os nacionalistas e comunistas de Ho Chi Minh, ganhariam as eleições, o que para os interesses Norte-Americanos não seria bom, pois, se os comunistas ganhassem, acabariam por influenciar outros Países a tornarem-se Comunistas. Assim, o Vietname foi dividido em dois países. O Vietname do Norte, comandado por Ho Chi Minh, de orientação Comunista, e o Vietname do Sul, uma ditadura militar que, passou a ser aliado dos Estados Unidos e por esse motivo, ficando com um sistema capitalista, governado por Ngo Dinh-Diem. No segundo período, a Guerra do Vietname, ocorreu no Sudeste Asiático  entre os anos de 1959 a 1975, é considerado o conflito mais violento da segunda metade do século XX, tendo durado quase 20 anos, em que, as batalhas ocorreram nos territórios do Vietname do Norte, Vietname do Sul, Laos e Camboja. Colocando em confronto, o Vietname do Sul, os Estados Unidos da América, com participação efectiva, porém secundária, da Coreia do Sul, da Austrália e Nova Zelândia, Contra o Vietname do Norte, recebendo este, apoio logístico, mas sem se envolveram efectivamente no conflito, por parte da China, da Coreia do Norte  e principalmente da União Soviética.

imagesOs Estados Unidos da América só viriam a entrar na guerra, em 1965 ao enviarem tropas para sustentar o governo do Vietname do Sul, que se mostrava incapaz de suster os avanços das guerrilhas do Vietname do Norte. Que se tinham juntado ao movimento de Libertação do Vietname (FNL). Os membros da FNL passaram a ser chamados de VietCongs, pelos Norte-Americanos e seus aliados. Este termo VietCong, surgiu com o propósito de desacreditar os guerrilheiros, aplicando-lhes assim, a alcunha de Vietnamitas Comunista, Este termo foi criado com a intenção de alertar a opinião pública, para o perigo do possível avanço do Comunismo, tendo assim apoio da opinião pública para entrar no conflito. Mas naquela região da Ásia, o efeito não era o mesmo, até porque, em muitos casos, os Comunistas, identificavam-se com movimentos nacionalistas que lutavam pela independência de povos submetidos ao domínio estrangeiro. Ao se dar conta do seu engano, Washington tentou retificar a situação, promovendo um concurso público nos Estados Unidos para escolha de outro nome. Oferecia-se um prêmio em dinheiro por um termo camponês, que implicasse algo repulsivo ou ridículo , porém o concurso não produziu o resultado desejado, e o termo VietCong continuou a ser usado, os membros da FLN nunca assumiram esse apelido que lhes foi conferido.

Com a incapacidade demonstrada do Ditadura Ngo Ding-Diem, de por si só vencer os seus adversários. O Presidente Kennedy, enviou os primeiros conselheiros militares, que depois da sua morte em 1963, serão substituídos por combatentes, aumentando assim a escalada de guerra. Em setembro de 1964, houve o incidente do Golfo de Tonquim, em que, um navio Norte- Americano, em águas internacionais foi atacado pelos Norte-Vietnamitas quando patrulhava no Golfo de Tonquim. Assim os norte-americanos consideraram esse episódio como um acto de guerra contra eles, fazendo com que o Congresso aprovasse a Resolução do Golfo de Tonquim, que autorizou o Presidente L.Johnson a ampliar o envolvimento Americano na região. Mais tarde, provou-se que este incidente teria sido forjado pelo Pentágono para justificar a intervenção.

Assim, houve finalmente uma intervenção militar dos Estados Unidos da América, em 1964, entrando diretamente no conflito, enviando soldados e armamentos de guerra, num território marcado por florestas tropicais fechadas e grande quantidade de chuvas. Os Norte-Vietnamitas utilizavam táticas de guerrilha, enquanto os Norte-Americanos utilizariam armamentos modernos, helicópteros e outros recursos.

A 7 de Fevereiro de 1965 a aviação Norte-Americana, iniciou a sua ofensiva de bombardeamentos contínuos contra o Vietname do Norte, Washington acreditava na rendição dos Norte-Vietnamitas ao fim de seis semanas e assim, preservar a não influência Chinesa e Soviética na parte sul do Vietname. Para forçar os Norte-Vietnamitas a abandonar a luta, os Norte-Americanos lançaram 7 milhões de toneladas de bombas, utilizaram a guerra química ao pulverizarem 16 200 quilometros quadrados, com produtos esfoliantes para matar a vegetação, a vida rural ficou devastada e as cidades super povoadas. Mas, a Guerra continuava e os americanos não estavam satisfeitos com os acontecimentos, pois os guerrilheiros conseguiam tirar vantagem da geografia da Região. Não passando tudo de uma guerra convencional de guerrilha na região, usando as selvas do Vietname, preparando armadilhas mortais aos soldados inimigos, guerra essa, que nunca teve uma formação clássica nas linhas da frente e as operações aconteciam em zonas delimitadas, enquanto os Norte-Americanos usavam um grande poder de fogo, destruindo as bases inimigas e, impedindo as suas ofensivas.

A 30 de janeiro de1968, houve um ataque em três fases lançado pelos Norte-Vietnamitas contra as forças Norte-Americanas e Sul-Vietnamitas, tendo ficado conhecida como Ofensiva de Tet, as operações recebem este nome por se iniciaram nas primeiras horas da manhã do Tết Nguyên Đán, o primeiro dia do ano no calendário lunar tradicional, usado no Vietname, e o feriado mais importante do país. O Vietname do Norte e o Vietname Sul, haviam anunciado nas rádios nacionais que haveria um cessar-fogo de dois dias durante a ocasião. Havendo a sensação, de que, as forças do Vietname do Norte estavam de certa forma controladas pelas forças Norte-Americanas muito devido a sua superioridade em blindados, aviões, helicópteros e sistemas de armas sofisticados, inclusive, os Norte-Americanos acreditavam que o conflito seria vencido a seu favor muito em breve.

Por sua vez, a liderança política e militar Norte-Vietnamita, apostava que o ponto fraco dos Estados Unidos da América, seria a sua frente interna, ou seja, a opinião pública. Para tentar aproveitar esse facto, foi convocada em Hanói, em julho de 1967, uma reunião cujo objectivo seria traçar uma estratégia que retomasse a iniciativa do conflito para o Vietname do Norte. O resultado desta reunião, ficou claro no ano seguinte, quando surpreendentemente as forças Norte-Americanas foram confrontadas pela Ofensiva de Tet. O ataque deveria ser o mais amplo possível. A nível militar esperava-se que, Exército do Vietname do Sul, entrasse em colapso, quando os Norte-Americanos vissem subir de forma acentuada as suas baixas em combate, aumentando simultaneamente a oposição anti-guerra nos Estados Unidos da América. Embora os Norte-Vietnamitas tenham sofrido um elevado preço em vidas, atingiu plenamente os seu objetivos, que seria de ordem moral, na medida em que, humilhou as forças armadas dos Estados Unidos da América, deixando claro que embora fosse a maior potência militar do Mundo não conseguiriam vencer a guerra contra os Norte-Vietnamitas. Este Ataque, ficando conhecido como a Ofensiva de Tet e a participação crescente dos Estados Unidos da América na Guerra e a brutalidade e inutilidade dos bombardeios aéreos, e esta Guerra teve uma grande cobertura diária por parte dos meios de comunicação, a guerra levou a uma forte oposição e divisão da sociedade Norte-Americana, fez com que surgisse na América um forte movimento contra a guerra.

Apesar de seu imenso poder militar e econômico, os Norte-Americanos falharam os seus objetivos. Sem apoio popular e com derrotas sucessivas, o Governo Norte-Americano aceita o Acordo de Paris, um acordo de Paz, assinado em Paris em 1973, que previa o cessar-fogo, causando a retirada das tropas do país do conflito, Em 1975. Assim os Norte-Americanos retiraram as suas tropas do Vietname e trocando prisioneiros de Guerras.

A Guerra prosseguiu com a luta entre o Norte e o Sul do Vietname dividido, terminando em abril de 1975, com a invasão e ocupação comunista de Saigon, então a capital do Vietname do Sul e a rendição total do exército sul-vietnamita. Os líderes Norte-Vietnamitas esperavam, poder usar o cessar-fogo em proveito próprio, mas Saigon a Capital do Vietname do Sul, tinha imensas armas e equipamentos deixados pelos Norte-Americanos pouco antes das tréguas entrarem em vigor, consequentemente começaram a empurrar os Norte-Vietnamitas para o Norte.

A 10 de março de 1975, as forças Norte-Vietnamitas iniciaram uma ofensiva através do interior do Vietname, levando-os a capturar 100 mil soldados do Vietname do Sul, ficando a controlar metade do país. Com a metade do Sul, nas suas mãos, as tropas receberam ordens para lançarem a ofensiva final contra Saigon. No fim de abril, o Exército Sul-Vietname entrou em colapso.

A 2 de julho d 1976, o Vietname reunificou-se, sob o regime comunista, aliado da União Soviética, passando a chamar-se República Socialista do Vietname., a Guerra do Vietname como já foi dito, é considerado um dos conflitos mais violentos do século XX. Foi nesta guerra que os helicópteros foram usados pela primeira vez. Houve inúmeras consequências da guerra, directa e indirectamente.

 

Os Estados Unidos saíram moralmente derrotados, tendo a sua a primeira derrota militar da história. As suas instituições, como a CIA ou o Pentágono, foram duramente criticadas e um dos seus Presidentes, Richard Nixon, foi obrigado a renunciar ao cargo de Presidente em 1974, depois do escândalo de Watergate.Tendo a Guerra do Vietname resultada no maior confrontação armada, em que, o país já se teria envolvido, e a derrota provocou aquilo a que chamaram de o Síndrome do Vietname, nos seus cidadãos e na sua sociedade, causando profundos reflexos na sua cultura, na indústria cinematográfica e uma grande mudança na sua política externa, até à eleição de Ronald Reagan, em 1980. No ano de 1982, inaugurou-se o Monumento aos Veteranos do Vietname, é uma obra edificada na cidade de Washington-DC, durante o governo de Ronald Reagan. Num muro de mármore negro estão gravados todos os nomes dos mais de 50 mil soldados Norte-Americanos mortos na Guerra, para que sejam lembrados pela posteridade. Os nomes dos cerca de 4 milhões de Vietnamitas, civis e militares, na sua maioria camponeses, mortos no conflito, permanecem no anonimato.

Click to comment

Mais Lidos

loading...
To Top