Especial Natal

(ESPECIAL NATAL) As Músicas Natalícias

loading...

Olá e bom Natal para si caro/a leitor/a! Esta é uma iniciativa do Ideias e Opiniões importada do nosso site irmão, o Mais Opinião. Se não o conhece, dê uma vista de olhos que ainda vai a tempo. Espero que o/a caro/a leitor/a esteja bem, rodeado pela sua família se for o caso, vamos então ao que o traz aqui, que é a minha crónica especial de música.

E sobre o que é a minha crónica natalícia, pergunta o/a caro/a leitor/a? Alguém não prestou atenção ao título, não é? Pois bem, a minha crónica irá incidir naquilo que a maioria das pessoas gosta nos primeiros dias, mas que bem perto da altura do Natal já não pode ouvir e só lhe apetece destruir todas as colunas existentes nos centros comerciais, elevadores, televisões, rádios, carros, ou seja o que for, pelo menos este é o meu caso. Caso não seja recíproco, parabéns pode estar gravemente doente com uma doença chamada febre do Natal, que nomeadamente afecta todos aqueles que não se fartam de ouvir o “All I Want for Christmas” da Mariah Carey em loop, ou o “Last Christmas” dos Wham!. E por falar em Last Christmas, por favor alguém que pare com as piadas sobre o Natal de 2016 ter sido o “Last Christmas” [último natal] do George Michael. É que esta é uma piada ao nível de um octagenário.

Mas eu vim aqui partilhar consigo caro/a leitor/a a magia das músicas de Natal. Sinceramente, e contra mim falo, dado que já fiz uma crónica sobre 5 músicas clássicas de Natal há 2 anos, que pode ler aqui [hey, não me julguem, tenho de promover o meu trabalho], mas a verdade é que já não posso ouvir músicas de Natal. E não me refiro às 2 que falei anteriormente de duas figuras míticas da música de Natal, mas de qualquer uma. É que são realmente enervantes, pelo menos para mim. Talvez por já ter ouvido todas as músicas de Natal já feitas, ou pelo menos, as que passam em todos os locais que referi acima. Não consigo ouvir practicamente nenhuma, porventura só mesmo a dos Wham, e digo isto porque sou fã de algumas músicas do George Michael.

Não tenho nada contra elas, aliás a culpa nem é do facto de serem todas semelhantes e falarem das coisas habituais desta época. É mesmo culpa de quem pensa que depois do Halloween, o melhor é mesmo encher tudo o que é sítio onde possa ser transmitido som, músicas de Natal, quando a maioria, digo eu, ainda nem quer pensar no Natal. Repare caro/a leitor/a, está descansado a ir ver um filme qualquer ao cinema, ou a ir fazer as compras do mês a um super ou hipermercado, e leva durante o período que antecede a entrada para as salas, ou o período em que se encontra a fazer as compras do mês, que pode ser longo, a ser bombardeado com as músicas mais repetidas em toda a humanidade.

Aliás, eu pergunto-me como é que a Mariah Carey ou os Wham! não têm um recorde do Guiness para a música mais reproduzida de sempre. Senhores do Guiness, se me estiverem a ler, provem-me que não é o caso e que não estão distraídos, porque eu cá acho que só podem ser isso mesmo.

E se por esta altura, por acaso estiver a pensar, “mas será que ele não gosta do Natal, para dizer tão mal das músicas desta época?”. Não caro/a leitor/a, eu gosto do Natal. Talvez não tanto como já gostei em tempos, visto que o Natal para as crianças é a melhor época do ano, mas gosto. E gosto da ideia de troca de prendas e de montar a árvore de juntar a família possível à roda de uma mesa, mas raios, será que era preciso bombardearem todos nós amantes de música ou apenas, pessoas com capacidade auditiva, com as músicas de características natalícias ou será que é pedir muito que as guardem até Dezembro? Vá lá.

Com isto dito, e sem músicas natalícias, eu me despeço de si caro/a leitor/a, com este espécie de rant e espero que tenha um óptimo Natal, Kwanza ou Hannukah, ou no caso de não celebrarem nada, um excelente 25 de Dezembro.

P.S.: Pai Natal se estiveres a ler isto, pede lá para se acalmarem com as músicas natalícias antes do tempo. É só porque qualquer dia estamos na praia e em vez de se estar a ouvir o Despacito (que eu dispenso, já agora), ouve-se o Last Christmas… Pensado bem, acho que prefiro ouvir os Wham!

Click to comment

Mais Lidos

loading...
To Top