Poesia

Dia Mundial da Poesia!

loading...

Hoje, no dia mundial da Poesia, apesar de todos os dias ser a poesia de todos nós na nossa própria essência. Escrevo Poesia desde os meus 13 anos, pois, um poema descreve o que quem amamos nos faz sentir, quando com as suas palavras nos deixam embriagados acalmando a nossa desassossegada alma e afugentando os fantasmas que em nós habitam de forma intermitente.

Existem momentos em que necessitamos de um sim psicológico, emocional e físico. Um sim, que nos faço sentir vivos mas, ao mesmo tempo, iludidos, embriagados para ter a ligeira sensação de que não estamos sozinhos mas, que de facto, estamos sempre sozinhos. Desfrutando-se duma ilusão, embriaguez momentânea que a pessoa e o ambiente nos proporciona que fica na nossa memória psicológica, mas igualmente, na nossa memória emocional. Embriaguez essa, que nos faz sentir nós mesmos, ou seja, humanos. Um género de “inocência” que nos leva para um momento de inconsciência momentânea, onde nada mais existe que aquela pessoa e o ambiente que nos rodeia.

Acontece que, a vida faz feridas dolorosas que nos tornam um pouco insensíveis para esses momentos, leva-nos a ter uma “inocência perdida”, em que não acreditamos na simplicidade do sentimento. A Poesia, é uma palavra dita ou subentendida que silencia o tempo e a distância. Sendo, a poesia como a vida em si, não o que nós queremos, mas sim, o que conseguimos fazer com o que a própria nos proporciona.

Em suma, a essência, a simplicidade é uma contemplação dum momento, como se fosse a primeira e a última vez que, tivéssemos tão belo privilégio, como um beijo de quem se ama.

1 Comment

Mais Lidos

loading...
To Top