Lazer

Bons Argumentos Para Beber Chá

loading...

Podia começar esta crónica de uma forma muito óbvia, que seria citando a letra mítica do “chá… chá da índia…” e por aí fora. É que eu sei de cor! Já sei o que está a pensar… Sim, faço parte desse grupo de pessoas estranhas que sabe toda essa lengalenga do chá de cor e salteado. Mas isto tudo para lhe dizer, que o que me traz aqui é mesmo o chá, porque hoje, é precisamente o Dia do Chá.

Ao que tudo indica começou por ser utilizado na China, há milénios, de forma medicinal em forma de bebida que era preparada a partir da infusão das folhas de chá. Na Europa conhecemos o chá graças aos holandeses.

É só colocar a água a ferver e depois disso as opções são aos milhares. Consegue imaginar as variedades de chá que existem em todo o mundo? É que eu não. Não lhe vou conseguir dizer isso nesta crónica, pois talvez se tornasse um pouco maçador e até longo.

Que tipo de pessoa é? É daquele tipo de pessoas que só bebe chá em casa? E quando digo casa digo a sua ou a de amigos/conhecidos. Ou também o faz em cafés, bares, casas e salões de chá?

Confesso que já o fiz de várias formas. Em casa sozinha, com amigos, em casa de amigos, em cafés e numa casa de chá. Mas onde sabe melhor é de facto em casa, especialmente se puder ser de pijama quentinho envergado, enquanto chove e faz um frio de rachar na rua. Poucas coisas são mais reconfortantes que isto no inverno, especialmente naqueles dias em que nada parece aquecer as mãos e a caneca do chá resolve essa questão em três tempos. Aquece e conforta o corpo e a alma.

E o seu chá deve ser servido a escaldar ou até vai um chá gelado? E quem pergunta isto pergunta também se só bebe chá no inverno ou se também bebe no verão mesmo que seja quente?

Ora pelo meu discurso de alguns parágrafos acima, já se percebeu que para mim o chá só faz sentido no inverno, para aquecer, precisamente, mas não consigo beber se estiver mesmo a escaldar, tem de ser ali no meio termo. No verão não consigo pensar em beber chá, pois associo sempre à imagem do inverno e chá gelado, pelo menos das primeiras vezes que provei, pareceram-me sempre um pouco sem sabor.

Com tantas opções que temos de chá, prefere as misturas tradicionais ou chás com combinações mais elaboradas e inesperadas que têm surgido ultimamente?

Os chás que tem de haver sempre na minha despensa são de Menta (que ajuda no conforto do estômago e à digestão, ajuda a relaxar os músculos reduz o stress) e Frutos Vermelhos, sendo que nem precisam de açúcar, pois já são doces o suficiente. De resto, gosto de me ficar pelos mais clássicos como uma bela cidreira ou lúcia-lima.

E desse lado, quais os seus chás preferidos?

Há outros dois que também costumo beber e que ajudam a suavizar rouquidões e até problemas de garganta. Por isso, se não sabia desta, estamos mesmo em boa hora. O chá de perpétua roxa e o chá de casca de cebola, são os melhores amigos daqueles que dão muito uso à voz e que de repente do dia para noite podem ficar roucos.

Praticamente cada chá tem alguma propriedade positiva à nossa saúde. Por exemplo, o chá Preto será uma boa opção para proteger as células, aumentar a energia (pois tem cafeína), pode reduzir o risco de acidente vascular cerebral e prevenir o aparecimento de demências.

Para cuidar do seu coração tem ao dispor o chá Oolong que está repleto de antioxidantes. Mas se o seu problema são noites mal dormidas a solução está no chá de Camomila pouco antes de se ir deitar.

Já o chá verde, por sua vez é o amigo das dietas. Aumenta a quantidade de gordura queimada e acelera o metabolismo. O elixir da juventude é o chá Branco, pois vai ajudar a que a pele recupere mais rápido e fique mais protegida dos raios UV.

Por fim, se precisa de enriquecer o seu sistema imunitário a solução está no chá de Equinácea. Protege-nos contra constipações e até mesmo infecções respiratórias.

Ora, mesmo eu gostando de apreciar um belo chá no sossego da minha casa ou na casa de alguém em que me sinta bem, já tive oportunidade de beber chá numa casa de chás, da qual me recordo sempre com carinho. Chama-se “Coisas do chá” e é em Leiria. Um cantinho simpático, com muitas criações próprias ao seu dispor.

Em Lisboa, diz-se por aí que bons locais para apreciar um bom chá poderiam ser, por exemplo no Café Saudade, Noobai, The Paleo Kitchen, Dear Breakfast, Fábirca das Verdadeiras Queijadas da SAPA e no Choupanna Caffé.

Por isso, já sabe o que tem de fazer, é ir fazer um chá para relaxar e saborear.

Voltamos a encontrar-nos em breve, por entre linhas e sorrisos.

Margarida Gaspar

Click to comment

Mais Lidos

loading...
To Top