Entretenimento

2017 – Os 10 Concertos a Não Perder

loading...

Se 2016 foi o ano em que nos levaram enormes referências do mundo da Cultura, como Prince, Nicolau Breyner, Camilo Oliveira, Bowie, George Michael, Leonard Cohen, Alan Rickman, Carrie Fisher, entre tantos outros, 2017 estará marcado por grandes concertos que irão acontecer no nosso país. Alguns regressos e estreias irão animar os palcos portugueses e de certeza que não vai querer faltar a alguns destes concertos.

Foo Fighters

Depois de 6 anos, os Foo Fighters estão de regresso ao nosso país. Na bagagem trazem um álbum e um EP. O primeiro, Sonic Highways, editado em 2014, percorreu 8 estados norte-americanos e tem 8 músicas que captam a sonoridade específica desse estado. Um projecto arrojado que só poderia resultar, sendo o produtor Butch Vig e sendo o autor da ideia, Dave Grohl, o frontman da banda. Já o EP, editado em 2015, Saint Cecilia, é algo retirado da mente de Dave enquanto percorriam o país para fazer Sonic Highways. De facto, foi uma bela prenda para quem como eles se encontravam num hiato.

No concerto que trazem ao Passeio Marítimo de Algés no dia 7 de Julho, não faltarão os êxitos, onde se destacam músicas como “Everlong”, “Learn to Fly”, “My Hero”, mas também não perderão a oportunidade de tocar “Iron Rooster”, “Something From Nothing”, “Congregation”, “In the Clear” ou até homenagear Lemmy Kilmister com “White Limo”. Uma coisa é certa, este é sem dúvida um dos concertos mais esperados do ano. E foi com agrado que eu e muitos outros fãs de Foo Fighters vimos que depois de tanto tempo à espera, os Foo Fighters voltam no mesmo dia e ao mesmo festival que fez “derrubar a casa” há 6 anos atrás.

Red Hot Chilli Peppers

2006. 2006 foi o último ano em que pusemos a vista em cima de Anthony Kiedis, Flea e companhia. Foi no Rock in Rio e na altura promoviam o seu nono álbum, Stadium Arcadium. 10 Anos se passaram e, entretanto, muito mudou. John Frusciante deixou a banda, desta vez ao que parece em definitivo, sendo substituído actualmente por Josh Klinghoffer, como guitarrista.

Em tour para promover o seu décimo primeiro álbum de estúdio, The Getaway, os Red Hot vão pôr tudo a mexer ao som da sua música e dos muito esperados êxitos. “By the Way”, “Can’t Stop”, “Californication”, “Scar Tissue”, “Zephyr Song”, são alguns dos clássicos que podemos esperar ouvir no dia 13 de Julho, em pleno MEO Arena, mas também serão certamente tocadas as novas, entre as quais “Dark Necessities” é certamente a principal, mas também “Sick Love”, “Go Robot” e “Feasting on the Flowers”. Eu mal posso esperar para ver um dos concertos mais esperados deste ano. Ah e já não há bilhetes diários para o dia 13, para os ir ver terá de adquirir o passe de 3 dias. Assim até pode ver mais bandas que goste!

Dream Theater

Será no dia 30 de Abril que os norte-americanos regressam passados 2 anos ao nosso país e para tocarem, exclusivamente, no norte. Se serão Starks ou não [pun geek sobre Game of Thrones], não sabemos, mas certo é que o Coliseu do Porto irá receber a celebração dos 25 anos de Images and Words, o álbum que a banda editou em 1992.

Para além deste álbum ser tocado na íntegra, poderá esperar mais êxitos neste que é um dos concertos mais aguardados do ano até pelo revivalismo de ouvir aquele que é um dos primeiros álbuns da banda. Certo também é que alguns temas de The Astonishing serão, quase de certeza, tocados. Talvez os singles “The Gift of Music”, “Moment of Betrayl” possam ecoar num concerto que ao que parece será o fim da tour da banda americana. Outros êxitos da banda estão também prometidos. Pode-se então esperar que “Pull Me Under”, “The Enemy Inside”, “As I Am”, “The Gift of Music”, sejam alguns dos temas que quem for o Coliseu do Porto possa ouvir.

Aerosmith

Uma das maiores bandas de rock de sempre está em vias de se despedir dos palcos. Se é a última ou não, ainda não é certo, mas certo é que irá fazer uma mega digressão por todo o Mundo, e Portugal não irá ficar de fora. Mas este possível ponto final nos espetáculos ao vivo virá, também, com um novo álbum. O regresso aos palcos portugueses após mais de 17 anos depois, nesta que será apenas a sua terceira presença em solo nacional.

Na bagagem trazem os maiores êxitos da banda, que não poderão ficar de fora no dia 26 de Junho, no MEO Arena. “Dude Looks Like a Lady”, “Love in an Elevator”, “Walk This Way”, “Dream On”, “Sweet Emotion”, “Toys in the Attic” ou até “I Don’t Wanna Miss A Thing”, serão apenas algumas das músicas que serão, certamente, tocadas e que levarão os muitos fãs portugueses da banda à loucura!

Será uma possível despedida, que será certamente emotiva. Se é fã da banda norte-americana, não vai querer perder este concerto. São quase 50 anos de carreira que poderão culminar numa tour denomidada “Aero-Verdeci Baby!”. Como se pode ver, a idade não retirou humor aos elementos da banda.

The Weeknd

É a estreia em solo nacional do cantor canadiano. Há muito que se pedia a presença de Abel Tesfaye em Portugal, sobretudo desde que algumas músicas suas fizeram furor no filme “As Cinquenta Sombras de Grey”. O cantor de R&B vem ao NOS Alive no dia 6 de Julho, sendo um dos cabeças de cartaz do festival. Após ter lançado o seu quarto álbum, Starboy, em Novembro do ano passado, The Weeknd vem deliciar os fãs portugueses com a sua voz melódica.

Como é hábito de qualquer artista os seus êxitos não poderão faltar. Como tal, não tenho dúvidas que músicas como “Often”, “Earned It”, “I Can’t Feel My Face”, “The Hills”, mas também as músicas do novo álbum como “Starboy”, música que dá o nome ao álbum, “False Alarm”, “Sidewalks”, “I Feel it Coming”.

Será com certeza um dos concertos com mais público deste ano e que ninguém quer perder. Ainda pode comprar bilhetes só para o dia 6 de Julho, caso apenas queira ir ao dia em que The Weeknd irá pisar o palco NOS no Passeio Marítimo de Algés.

Bruno Mars

O Cantor havaiano regressa em Portugal este ano, na sua tour denominada 24K Magic Tour. Bruno Mars editou, em 2016, o seu terceiro álbum de estúdio com o nome 24K Magic, que já levou o havaiano ao Carpool Karaoke, para cantar a música que dá nome ao álbum. Bruno tem acumulado sucesso atrás de sucesso, com as músicas a marcarem bem a sua evolução. Aliás, a prova do seu sucesso é o facto de o concerto do cantor em Portugal, que será em 4 de Abril no MEO Arena, já estar praticamente esgotado, estando apenas disponíveis os bilhetes mais caros.

Practicamente certo serão a presença dos êxitos que fizeram Bruno Mars chegar a todo o Mundo e ser hoje em dia, um dos artistas mais promissores. Músicas como “The Lazy Song”, “Grenade”, “Locked Out of Heaven”, “Treasure”, “When I Was Your Man”, “Just the Way You Are” e quem sabe não haverá lugar ainda a “Uptown Funk”, para fazer todos os presentes no MEO Arena dar um pézinho de dança. Marque na sua agenda, se é que já não o fez e não perca este que é dos concertos mais esperados deste ano.

Guns N’ Roses

Axl Rose, Slash, Duff McKagan irão voltar a solo nacional para um concerto no Passeio Marítimo de Algés. Era um dos regressos mais esperados e que muitos fãs já pediam e a Everything is New realizou esse desejo. Depois de Slash ter passado por Portugal em nome próprio em 2011, para um concerto no Super Bock Super Rock e de Axl Rose ter actuado o ano passado com os AC/DC no mesmo local onde irão actuar a 2 de Junho.

O regresso dos Guns ao nosso país acontece 7 anos depois de terem actuado no então Pavilhão Atlântico. O concerto em Portugal faz parte da tour “Not in this Lifetime”, nome dado pelo facto de ser impensável há uns anos ver a banda original junta. Esta será a oportunidade de muitos fãs da banda ouvirem mais uma vez, ou em alguns casos, pela primeira vez algumas músicas como “Paradise City”, “Welcome to the Jungle”, “Sweet Child of Mine”, “November Rain”, “Civil War”, “Don’t Cry”, entre outros êxitos.

Para os fãs que não vivam nas redondezas de Lisboa e que queiram vir assistir ao concerto, uma nota, as portas abrem por volta das 16h e o concerto está previsto começar por volta das 19h30, ou seja, é um belo serão de sexta à noite para aproveitar.

Korn

Depois dos problemas técnicos na edição do ano passado do Rock in Rio, os Korn estão de volta para oferecerem ao público português o concerto que não conseguiram dar. A banda norte-americana vem a Portugal para promover o novo álbum The Serenity of Suffering, editado o ano passado.

A banda irá pisar o palco do Campo Pequeno no dia 15 de Março e terá como bandas de abertura Heaven Shall Burn e dos Hellyeah. Certo será que este terá de ser um concerto muito bom, para não defraudar as expectativas de quem o ano passado não pode ver mais do que meia hora de concerto. “Freak on a Leash”, “Falling Away From Me”, “Coming Undone”, “Got the Life”, “Twisted Transistor”, são algumas das músicas que, em princípio, não deverão faltar neste espetáculo.

 

 

 

 

The XX

 

Os Britânicos estão de volta aos palcos e a sua passagem em Portugal está garantida para dia 6 de Julho, no Passeio Marítimo de Algés, no festival NOS Alive. Esta não será a sua primeira passagem a solo nacional, já que actuaram no então Optimus Alive em 2010 e fizeram o seu “festival” denominado Night + Day em 2013, no jardim da Torre de Belém que contou com várias actuações de artistas internacionais e nacionais.

Esta passagem por Portugal serve de propósito para promover o seu novo álbum, I See You, que será lançado já no dia 13 de Janeiro. Ainda são apenas conhecidos os singles “On Hold” e “Say Somethin Loving” que será certamente apresentado ao público português. Para além desta serão com toda a certeza tocado no palco NOS as músicas dos dois álbuns anteriores, “Angels”, “Crystalised”, “Islands”, “VCR”, “Fiction”, “Unfold”, “Chained”, entre tantos outros.

Este será um concerto em que não vai com certeza ficar parado, sendo que pelo menos terá de haver um pezinho a bater ou umas ancas a jingar. Será, caso a organização do festival queira, um excelente aquecimento para o concerto de The Weeknd.

Sugestão do Mês

A minha crónica musical não ficava completa sem ter a sugestão do mês. Já é hábito e, apesar de ter, juntamente com Bruno Neves, uma crónica de recomendações musicais chamada Top Hits, há sempre boa música para divulgar ou recordar. E numa crónica como esta, em que sugiro apenas concertos de bandas internacionais que visitam o nosso país, torna-se quase obrigatório sugerir-lhe uma música cantada em português.

Trata-se de uma música recente dos HMB, que tive oportunidade de ouvir já este ano no Casino de Lisboa. Héber Marques demonstra, se é que ainda haviam dúvidas, que tem uma voz explêndida e que é capaz de nos tocar sem esforçar. A música deste mês é “Peito”. Espero que goste!

Até para o mês que vem e, até lá, cante e dance ao som das suas músicas preferidas!

1 Comment

Mais Lidos

loading...
To Top